Início

Sobre

Áudios

Vídeos

Contato

sábado, 14 de janeiro de 2012

Coisas das Vida - Quando a "realidade" é uma fantasia !

Eu estava conversando com uma das minhas contas, e eu dizia a ela da dificuldade que a gente as vezes encontra em se pagar uma conta, e ela me disse:

- Dió, tem que dar um jeito, tem que se virar, tem serviços que são muito necessários e essas contas tem que ser pagas, principalmente conta de luz, agua etc.
Você tem que fazer um esforço, afinal, todo mundo tem as suas contas para pagar, depois, faz que nem eu, para esquecer um pouco os problemas, assiste um reality show, um desses que estão passando na tv.

Eu assistir reality, sai fora, isso é uma coisa inútil, um bando de desconhecidos trancados em uma casa, com uma unica finalidade, aparecer, aparecer e aparecer, e o que isso vai acrescenta em minha vida?

Eu acho que voltamos a estaca zero, e viva os realitys, viva  a cultura do inútil, um bando de gente querendo aparecer, isolado em algum lugar, fazendo nada que você possa acrescentar a sua vida.
Prá que eu vou ficar vendo isso? E eu não entendo por que milhares de pessoas perdem tempo vendo essas coisas? Será que Freud explica?
Esses grandes pensadores e filósofos contemporâneos participantes desses realitys, com seus peitos, bundas e corpos malhados, com suas filosofias tupiniquim, falando e fazendo coisa alguma, serve prá que?
Eles com certeza são os grandes beneficiados, em curto e médio prazo ganham dinheiro e aparecem, mas para os telespectadores de que vale? Absolutamente nada! Isso não serve para nada.
Em um horário desses a tv poderia oferecer um bom filme, talvez esporte, mas não, ela soca garganta abaixo essas porras de realitys, ainda bem que temos o controle, é só dar um zap e pronto.
O pior é a audiência que tem, ai se chega a conclusão que o povão gosta de merda, já não chega todos os problemas que as pessoas enfrentam no dia a dia, as dificuldades em seus relacionamentos pessoais, no trabalho etc, ai chega a noite para complementar a privada, essas criaturas ficam em frente a tv vendo os tais realitys.
Esse tipo de atitude me parece mais uma forma de transferência, aonde quem assiste, se colocar no lugar de uma dessas figuras que estão participando a qual mais se simpatiza, e nessa figura ela (e) encontra uma válvula de escape, transfere a elas, atitudes que não tem coragem ou não quer assumir no seu dia a dia.
Quem sabe, com seus bons e maus desejos transferidos a aquelas figuras, isso possa fazer com que sua vida seja por alguns dias, algumas horas, alguns meses, um pouco mais interessante, é uma espécie de video game aonde ela assume um papel em um mundo de fantasias.
A alguns anos atrás, a maioria dos jovens se preocupavam em querer estudar, ter alguma profissão, você já pensou quais as grandes opções que você tem para garantir seu futuro?
Quem sabe ser um grande jogador de futebol, entrar na política, passar em algum concurso publico, mas o mais desejado e concorrido é participar de algum um reality show.
Reality é a ultima moda, um jeito de se ganhar dinheiro fácil e rápido sem fazer nada e ainda virar "celebridade", celebridade, faz me rir!
Nesses “realitys” se você for o grande vencedor vai sair com uma bolada grande e também vai virar um “astro” podendo até ganhar uma “boquinha” na tv, fazendo qualquer coisa, afinal você virou uma "celebridade instantânea".
A maior piada é que tem algumas dessas "celebridades" que tem a cara de pau de se negar a dar entrevistas, foge de fotógrafos, faz bico para os jornalistas se achando um star hollywoodiano, "o ultimo biscoitinho do saco".
Tal “celebridade’ também pode participar de eventos como “arroz de festa”, estando em tudo quanto é lugar e faturando cachês, pode também posar pelada(o), mas a realidade é outra e ai acontece que por “falta” de talento, do mesmo jeito que surgiu, puft..., desaparece como num passe de magica, talvez 0,5 % possa se destacar, mas ai é uma eventualidade.
A tortura maior é que, tempos depois vem outro reality e o circulo vicioso continua, e eu só posso dizer:

Deus nos acuda!
É chegado os fins dos tempos, o mundo vai acabar ou pela água, pelo fogo, por catástrofes naturais, ou pelos “realitys”.
Eu tinha que pedir uma segunda opinião, ai liguei pro João, o meu conselheiro em assuntos aleatórios, e ele me disse:

- Dió, esse negócio de reality não me interessa, não me diz nada, o meu reality aqui é que importa, a minha vida com minha familia, meus amigos, no trabalho, futilidades eu mesmo crio as minhas.
Acho que a gente tem coisas mais importantes para se preocupar!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Coisas da Vida - O fim do mundo é anunciado !

Eu estava dormindo, quando apareceu o fantasma da picaretagem e disse :

- Dió, buuuuuuuu!!!

Acordei espantado e olhei prá ele e perguntei porque ele havia me acordado daquele jeito e ele respondeu :
- Sabe o que é Dió, eu estava passeando por ai, e li em uma revista uma destas revistas de fofocas, na matéria de capa tinha um assunto que me deixou puto da vida.
A matéria explorava a imagem do ator Reynaldo Geanechini, ele esta se tratando contra um câncer, e a matéria dizia o seguinte :

Espirito da avó de Geanechini que morreu a alguns anos, acompanha ele no tratamento contra câncer! (isso segundo relatos que a "vidente" fez a revista)
Depois do ocorrido, o "fantasma" foi embora e eu perdi meu sono, ai decidi escrever um pouco.
Você já percebeu que sempre que tem algum acontecimento de grande repercussão nacional e internacional, sempre aparece algum "sensitivo (a)", para dar suas opiniões e passar suas mensagens, que diz ter recebido do além tumulo.
Geralmente as frases padrão são :
Eu recebi, alguém manda dizer, eu tenho poder disso, daquilo outro, eu faço isso, resolvo isso, estou vendo alguém, mas percebeu que nas respostas não há nada concreto que possa identificar quem mandou o tal recado? As respostas são um tanto confusas, dando margem a diversas interpretações sobre o mesmo assunto, nada com começo meio e fim, tudo sempre fica no ar.
Se tem alguém do lado de "lá" mandando dizer algo, porque então não dizer nomes, locais etc, seria bem simples, acabaria com dúvidas e todos seriam felizes para sempre.
Isso também serviria de prova que aquilo não é picaretagem nem estelionato, mas não, tudo continua como começou, na enrolação de sempre e tem gente que acredita.
O que mais me impressiona, é que pessoas perdem o seu precioso tempo nas faculdades e universidades estudando comunicação e jornalismo, quebrando a cabeça nos estudos para algo desse nível.
Estes assuntos passam a ser destaques em revistas e programas de segunda categoria, e como sempre digo, o "povão" gosta de desgraças e sacanagens.
A intenção dos "videntes", dos " sensitivos" e dos "adivinhos", é estar ali justamente para aparecer, imagine a quantidade de novos clientes que irão surgir, e essas "consultas" não devem ser baratas não, faz uma pesquisa.
Já que eles dizem ser ligados ao sagrado, que a única preocupação é ajudar o "próximo", porque não atender de graça quem precisa?
Eu me lembro que a algum tempo atrás uma matéria de uma dessas "sensitivas" passou em um programa de tv bem popular.
A "sensitiva", "paranormal", foi com a equipe do programa em um presidio que tinha sido desativado aqui em São Paulo, capital, "caçar" os espíritos maus.
Ela caminhava por alas do presidio dizendo estar vendo coisas, ela parou próximo a um poço de elevador desativado e disse estar ali o foco deles, mas que iria ajudar a "limpar"a área.
Para isso tomou em suas mãos bisnagas de catchup e mostardas que continham líquidos coloridos e espirrava no local, dizendo que fazendo aquilo estava afastando os maus espíritos.
Pode uma coisa dessas? Espantar espíritos com bisnagas de catchup?
Eu queria entender isso, será que era o cheiro ou sabor? Será que os espíritos corriam por ter medo de aguá ou poderia ser pela cor berrante das bisnagas? Fala a verdade, uma tv a nível nacional, se propõe a exibir e perder tempo com matérias desse nível só poder ser piada.
Falando em piadas, recentemente li uma matéria a respeito desses "adivinhos",videntes" etc, esses ai, que anunciam o fim dos tempos.
O mundo vai acabar! Já ouviu isso alguma vez?
Esses adivinhos circulam pelo planeta a séculos, esses que "adivinharam" e divulgaram as suas respectivas datas para um fim do mundo, coisa que como pode perceber, ainda não aconteceu, esses tiveram seus destinos mudados, e como eles não adivinharam isso?
Alguns foram decapitados, outros fugiram de suas cidades e países por vergonha, outros abandonaram a sua crença, os "seus"poderes, alguns foram enforcados, e apesar de tudo isso, ainda teima em surgir novos "adivinhos".
Séculos se passaram e sempre surge uma figura dessas, sugerindo uma nova data, agora d izem que a data para o fim do mundo é 2012, de novo os caras vem com essa conversa mole.
Como pode perceber o planetinha continua firme e forte e se você é um desses que acredita nessa merda de fim de mundo que andam anunciando, passe seus bens, sua herança para meu nome, afinal prá que você quer dinheiro, jóias, imóveis, veículos etc, se o mundo vai acabar? Prá que serve bens materiais no Céu ou no Inferno? E que venha 2012!