Início

Sobre

Áudios

Vídeos

Contato

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Coisas da Vida - Brincadeiras de crianças !


Eu estava vendo algumas coisas que estavam guardadas no baú, e achei um ioiô, você sabe o que é ioiô?
Com certeza você deve ter visto um em algum museu por ai, quando ele me viu, abriu um sorriso e disse :
- E ai Dió, veio matar as saudades, quer brincar um pouco comigo?
Sendo que respondi :
Você tá enganado, te encontrei aqui por acaso, você já esta ultrapassado, virou peça de museu, a brincadeira da criançada hoje é outra, agora fica por ai, depois a gente se fala.
Ele me olhou um tanto triste, com lágrimas nos olhos, mas ficou ali resignado.
Depois de fechar a gaveta vim aqui escrever um pouco e o assunto não poderia ser outro senão infância e brinquedos.
As vezes fico pensando as diferenças que temos de uma infância de 35, 40 anos atrás para a atual, um exemplo é o ioiô o que é um barbante enrolado em um carretel de plástico, a brincadeira consiste em enrolar e desenrolar, sobe e desce, que merda né, mas era top na época, tivemos até campeonatos mundiais, quem diria né?
Só para se ter uma ideia de como as coisas estão evoluindo, os primeiros computadores só se começou a ouvir falar na década de 80, hoje com o desenvolvimento temos computadores pessoais e de ultima geração e o que dizer dos games, temos jogos muito desenvolvidos, tanto em áudio como em gráficos, temos também programas para pc de tudo quanto é jeito e para tudo que se possa imaginar, celular com todo tipo de aplicativos, mas a 35, 40 anos atrás, a coisa era bem diferente.
E não fica tirando onda não, que daqui a 30, 40 anos, você vai ser tiozinho e vai se lembrar dos tops de hoje e relatar a coisa como peças de museu  é ou não é?
Voltando ao assunto, os jogos que tive na minha infância comparado com tudo que se vê hoje chegam a ser ridículos, bizarros, veja alguns exemplos:
Jogo de bolinhas de gude – Bolas de vidros, a diversão era tomar distância, jogar a bolinha, e o objetivo é fazer ela rolar para cair dentro de buraquinhos feitos no chão de barro.
Resultado de imagem para bolinhas de gude gif animado

Tinham também competições, cada competidor partindo de um ponto especifico jogar sua bolinha de vidro para acertar a bolinha do outro, se acertasse ganharia a bolinha do competidor e assim juntaria um monte delas, a coisa funcionava mais ou menos assim.
O perigo do jogo era a criança enfiar a bolinha na boca e engolir e ai se por acaso ela passar pela garganta, o trabalho era da mãe, ela teria que ficar peneirando merda para ver se a bolinha havia saído.
Futebol de pregos – O pai do menino pegava uma madeira retangular e isso era o “campo”de futebol, tinha campo de tudo quanto é medida, não havia preocupação com tamanho, era tudo de qualquer jeito, se pintavam o fundo da madeira, se faziam as marcações do meio de campo, laterais, os gols, e pronto já servia.
Os jogadores eram “pregos” espetados na madeira, mais ou menos nas “posições”, como se fossem os jogadores reais.
Os campos tinham as mesmas quantidades de pregos dos dois lados, 11 pregos, o goleiro era um prego espetado no meio do gol, os meninos "mais ricos" colocam pregos de varias espessuras representando jogadores, os pobres enfiavam qualquer tipo de prego, de qualquer tamanho e até pregos enferrujados, a bolinha do jogo, imagine, uma moeda e o jogo era jogado com o dedo, você com o dedo indicador empurrava a moeda em direção do gol adversário e a quantidade de toques intercalados era combinado entre os dois jogadores, um toque cada, ou dois toques seguidos cada um.
O objetivo era jogar a moeda dentro do gol adversário, e ai conseguindo isso obviamente você fazia o gol, o perigo do jogo era ao chutar “arrebentar” o dedo nos pregos, você que joga os games de ultima geração, imagine como era isso.
Jogo de Pião – Um pedaço de madeira com um prego na ponta, no formato de um funil com um barbante enrolado , veja a ilustração que se vai entender, que “maravilha” era jogar pião.
Para fazer ele girar você enrolava um barbante em volta dele, e tinha um jeito especifico para jogar para fazer com que ele ficasse girando, ganhava quem fizesse ele ficar mais tempo rodando.
Os menino com um pouco mais de grana, tinham piões todo personalizado, com pinturas coloridas, barbantes especiais, os duros tinham piões descascados, lascados e sem cor nenhuma, pura madeira.
Os piões eram jogados dentro de um espaço traçado no chão, tinha também um outro tipo de jogo de pião que os pobres gostavam de jogar, os meninos concorriam entre si, o pião era jogado em um espaço “tipo arena” o menino que vinha depois, jogava seu pião contra o pião do outro e com isso chegava a lascar e até quebrar o outro pião.
Dependendo da força com que o pião era jogado e se a ponta do pião do menino pegasse no pião do outro, com certeza iria no mínimo trincar o pião do adversário, digamos que era um jogo para ver a apontaria do jogador e a resistência dos outro piões.
Eu disse que os duros gostavam desse jogo porque os piões eram de madeira, coisa barata, os piões dos outros meninos " ricos" eram coloridos, cheios de coisas, os duros "iam a desforra" destruindo esses piões, na realidade a molecada sem grana, treinava muito só para destruir esses piões.
Imagine como era a cabeça da criançada na periferia, eram considerados "ricos", alguns garotos só por terem um brinquedinho melhor, hoje a molecada tem celular, games, lá atrás eram essas porcarias que tínhamos para nossa distração, essa era periferia a 35 / 40 anos atrás.
O perigo do jogo de pião era o pião bater no chão e voltar na sua cabeça, ou canela, poderia também acertar a cabeça do amiguinho, a dor era terrível.
Na periferia a turma era tão “caída”, tão sem grana que as crianças viam as diferenças sociais
através dos brinquedos que possuíam, pode isso, apesar que hoje em dia a coisa não é muito diferente, tem coisas que não mudam.
Resultado de imagem para brincadeiras de crianças anos 70/80/90
E ai, quer trocar seu game de ultima geração, seu tablet, celular, por um joguinho de bolinhas de gude, ou que tal um joguinho de futebol pregos, um piãozinho, bolinhas de gude, pipas, estilingue, etc.
Que merda né, se a gente for pensar eram coisas muito "toscas", simples, mas no fundo que era legal, era!!!
Decidi ligar pro João aquele meu amigo para ter uma segunda opinião sobre o assunto, ele não estava em casa, atendeu muito rápido e disse :

Tudo bem ai Dio, eu tô ocupado aqui empinando pipa, assim que possível eu retorno a ligação.

Resultado de imagem para empinando pipa gif animado

Antes de ir quero deixar esta para você pensar :

Resultado de imagem para frases humor brincadeira de criança