Início

Sobre

Áudios

Vídeos

Contato

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Coisas da Vida - Falando de Papai Noel !

Eu estava olhando o pisca-pisca da arvore de natal, quando ele para, olha prá mim e pergunta :

- Dió, você acredita em Papai Noel?

Quando decidi ter um blog e escrever sobre as coisas que fizeram ou fazem parte da trajetória das nossas vidas, a minha intenção não é de desvendar os grandes mistérios ou dar soluções para os problemas, a minha intenção é por em discussão os assuntos mais importantes e polêmicos da humanidade e quem sabe com isso aliviar os traumas e trazer a luz da consciências algumas simples soluções para os grandes problemas que marcam ou marcaram de alguma forma as  nossas vidas.
O assunto que vou colocar em pauta, fez em algum tempo lá atrás, parte, e ainda fará parte da vida de milhões de crianças por todo o planeta, e se agora não houver um preparo para que quando esta verdade chegar, com certeza teremos milhares de seres chocados, abalados, revoltados e com traumas irreversíveis para o resto de suas vidas.

A minha pergunta é simples :

-Você se lembra do dia em que soube que o Papai Noel não existia e que você havia sido enganado?

Você se lembra qual foi sua reação e os traumas que acarretaram em seu desenvolvimento e amadurecimento? Você já pensou, talvez, parte da merda que você é hoje pode ter vindo desta revelação?
Particularmente eu nunca fui muito de esperar o Papai Noel, minha ideia era a seguinte :
-  ”O que vem é lucro!”
Noel, na medida do possível me trazia um presentinho, tipo carrinho de plástico ou de madeira, bola, para minha irmã vinha aquelas simples bonecas, era o que dava para se comprar, vivíamos um período de vacas magras, com tudo, com tudo nunca passávamos sem receber nossos presentinhos.
Resultado de imagem para vacas magras humor
A partir disso não tínhamos grandes expectativas com o Papai Noel, tudo que viesse era bem vindo, quando eu soube da verdade, de que ele realmente não existia, isso só confirmou minhas duvidas, como poderia o Papai Noel  fazer tanta diferença entre os brinquedos que uns e outros recebiam?
Afinal ele deveria ter dinheiro, gastava tanto com suas renas e trenós vindo lá do polo norte, aparecia em comerciais de televisão oferecendo de tudo, sempre com um sorriso e seu saco cheio de presentes valiosos, e quando vinha em casa só deixava simples presentinhos, comparados aos que os amigos ganhavam? Tinha que haver algo errado nessa história.
Falando em gastar e essa turma do compra sem controle, compram de tudo,  "arrebentam" seus cartões de créditos, depois se afundam em dívidas, isso é um reflexo de uma infância carente, fazem agora o que não podiam fazer quando criança, sofreram da tal depressão de Papai Noel.
Vamos realmente ao que interessa, qual é a forma mais correta para informar uma criança de que Papai Noel não existe  para que elas não se transformem em adultos desequilibrados? Momento complicado né?
Por outro lado temos também a turma do pólo invertido do trauma, aquelas que sempre tiveram de tudo, esperaram o melhor do "Papai Noel"  e sempre receberam, como fazer para "abrir o jogo" e dizer que ele não existe? Tem algumas dessas pessoas que acreditam nele até hoje.
Adultos ou crianças, acreditando ou não, Papai Noel sempre vai fazer parte dessa nossas fantasias, afinal, estamos sempre procurando um Papai Noel ou uma Mamãe Noel para repousar as nossas cabeças, quem sabe de quebra não vem um carro novo, dinheiro na conta do banco, viagens etc.
Admitindo ou não, sempre estamos a esperar que o bom velhinho nas noites de natal nos deixe uma simples lembrancinha no pé da arvore ou quem sabe lá mais o que? Afinal, quem não gosta de ganhar presentes?
Decidi ligar pro João para ter uma segunda opinião sobre este assunto e o papo rolou assim :

- Fala ai João Belele?

Grande Dió, como vai a vida!

- Só empurrando com o intestino grosso!

Mas prá que você me ligou Dió?

- É o seguinte  João, estou aqui escrevendo a respeito de natal, papai noel, presentes, qual sua opinião sobre isso?

Cara, sou a favor de presentes, de receber principalmente e se for de graça, melhor ainda, a favor também de qualquer festa que tenha comida e bebida na faixa.
O homem tem quatro idades, quando acredita em Papai Noel, quando não acredita em Papai Noel, quando se é o Papai Noel e quando se parece com o Papai Noel.

- É João... você tem razão, mas antes de ir quero deixar esta para você  pensar :


sábado, 26 de setembro de 2015

Coisas da vida - Você acredita em E.TS ?

Eu estava mexendo no bau aonde deixo as minhas recordações, quando encontrei um robô que pertenceu a meu filho, quando criança ele brincava muito com ele.
O robo era movido a pilhas, assim que coloquei pilhas nova e liguei, ele se moveu um pouco, acendeu as luzes, olhou prá mim e disse :

- Oi Dió, tudo bem?

Tudo bem robô, o que me conta de novo?

- Sabe Dió, foi bom você ter me ligado, eu queria tirar uma duvida com você, recentemente eu vi uma matéria a respeito de E.TS, os tais extraterrestres, você acredita nisso?

É robô, eu li também essa matéria, inclusive tem muita coisa no youtube sobre isso, a grande maioria são montagens toscas, mas tem coisas sérias, como depoimentos de oficiais brasileiros e estrangeiros a respeito de contatos visuais com ovnis.

Após um curto papo com o robo, desliguei ele e coloquei de volta em seu lugar e vim até o pc para escrever um pouco sobre esses negócios de OVNIS  e E.TS.
Falando em E.T, se lembra do tal E.T Bilu?
Como vocês sabem, além de escrever para meu blog, eu fico por horas caçando material de vídeo para postar prá vocês, em umas destas pesquisas, encontrei os videos antigos do tal Bilú, já chegou a ver isso?
O E.T Bilú tem uma legião de seguidores, inclusive tem uma associação de nome projeto Portal, eu não vou me estender nesse assunto de projeto Portal, porque isso não me interessa, o negócio aqui é o ta E.T Bilú.
Se tiver um tempo dá uma olhada nesses vídeos, é muito bizarro, o Bilú só aparece atrás das moitas, a noite e em locais escuro e afastados, fala com voz de pato e quando alguém quer chegar perto ele diz que não pode.
                                             
Em um desses videos, apesar da pouca luz, deu prá ver que quem estava atrás do matagal, portava um capacete do tipo do Jaspion, aqueles de criança, dava para perceber bem o capacete pelo reflexo de luz, olha essa imagem acima.
Se era um E.T, que porra de capacete era aquele, em dado momento no vídeo, alguém pede pra ele pular e você percebe atrás do capacete o movimento de um pano tipo lençol e o pulo era esquisito, foi como se o capacete estive espetado em algo alongado, como se fosse um pedaço de pau.
As vezes tinha brilho de luz, do tipo acende a apaga lanternas, no começo, sem analise e com os depoimentos você imagina que ali vai surgir um E.T vindo do "espaço", mas analisando as imagens e as conversas do Bilu com aquela voz do nhonho, a coisa cai por terra e da vontade de rir.

Imagine um E.T com 1:40 de altura, com a voz do Nhonho do Chaves e usando o capacete do Jaspion.
Ele também afirma que a nossa terra é convexa, e que a gente vê ela arredondada porque isso é uma ilusão de ótica, você acredita nisso?
Que credibilidade passaria um E.T com o nome de Bilú, com a voz do Nhonho, que só aparece a noite e em local escuro e no meio da mata fechada?

Não podemos esquecer do famoso caso do E.T de Varginha, como ficou conhecido pela imprensa Brasileira, é uma possível série de aparições de ovnis, objetos voadores não identificados, e captura de seres (pelo menos um deles vivo) , isso teria ocorrido em 20 de janeiro  de 1996 no município de Varginha, sul de Minas Gerais, esta foto abaixo é de uma caixa d'agua no centro de Varginha que lembra o acontecimento.

                                      

Eu realmente acredito que nesse espaço infinito,possa existir outras formas de vida, hoje com o conhecimento que se tem em relação a imensidão do universo, achar que somos os únicos a habitar o universo é muita pretensão nossa, mesmo os cientistas especializados nessa área já acreditam nessa possibilidade.
Nós somos um coco de mosca dentro da nossa galaxia, para você ter uma ideia só do tamanho da nossa via láctea, nela contém aproximadamente 200 bilhões de estrelas do tipo do nosso sol.
Da uma olhada nisso, essa é a nossa galaxia, analisando essa imensidão, você acha que neste espaço infinito estamos sós?
Pensarmos em relação a criação, religião, Deus, você poderia me responder algumas perguntas ?

Você acha que "Deus" ou seja lá em que você acredita, o criador deste universo tão vasto, teria esse trabalho todo e depois iria deixar o nosso planetinha no cantinho desta nossa galaxia? Será que se fossemos os únicos não teríamos um planeta maior e estaríamos em outro ponto deste infinito, ou teríamos como nos deslocar neste "infinito" todo ?

Você acredita que os tais E.T,S são verdinhos e burros comedores de cabra? E porque se existe outras formas de vida por ai, elas tem que ser semelhantes ou inferiores a nossa? Você acha que o nosso planeta é povoado por seres exemplares?
Somos seres perecíveis, que se machucam e morrem com muita facilidade e também temos um grande problema para se deslocar a grandes distâncias.
Para chegar a lua que esta aqui do ladinho já foi uma tortura, imagine seguir mais distante, então se não conseguimos nos deslocar, vivendo em um planeta "prisão", me explica porque "Deus" em sua infinita sabedoria criaria todo este espaço/tempo só para nós?
Resultado de imagem para extra terrestre  humor
Me responda também, porque você acha que todo e. tem que ser verdinho, feio, ignorante e que vem a terra para fazer experiências ou comer os terráqueos? Já pensou que seres de outros planetas, dimensões, galáxias ou sei lá mais o que, poderiam ter uma consistência "física" diferente da nossa? Se eles são mais evoluídos, são melhores em tudo, então me diga o que teríamos nós para oferecer a eles de tão interessante?
Alguns de vezes talvez não admitam a ideia de seres com outra consistência física, mas acredita em "fantasmas", "espíritos", sim ou não?
Então pode me explica, se eles estão"vivos" a qual dimensão eles pertencem e vivem, e de que matéria eles são constituídos?
Esta na hora de usar a cabeça para pensar, analisar, repensar se necessário, cabeça não é só para segurar os cabelos, ela tem um negócio dentro, que quando é bem usado soluciona muitos problemas.
Resultado de imagem para extra terrestre  humor
Vou lhe dar algumas medidas para ver se convenço você da nossa insignificância, o tamanho do universo visível pelos aparelhos mais modernos que o homem já inventou, mede cerca 14 bilhões de anos luz, vou lhe dar mais alguns números para ver se você baixa a bola da sua pretensão de se achar o tal, o ultimo biscoito do saco, o único, o "escolhido" de Deus para habitar o infinito.

Numero de superaglomerados no universo visível = 270.000
Numero de grupos de galáxias no universo visível = 500 milhões
Numero de galáxias grandes no universo visível = 10 bilhões
Numero de galáxias anãs no universo visível = 100 bilhões
Numero de estrelas no universo visível = 2.000 bilhões de bilhões
Diante desses números você ainda acha que tudo isso que tem ai fora, "foi criado" só para você ficar lambendo com a testa?
Resultado de imagem para frases de Carls sagan
Eu precisava de uma opinião de alguém próximo, um amigo, então liguei pro João, expliquei o caso prá ele, perguntei se ele acreditava na existência de outras formas de vida no universo, ele me respondeu o seguinte :

- Dió, claro que acredito que exista outras formas de vida no universo, é só eu tomar umas que vejo elas, não espalha, mas essas formas de vida surgem dentro da minha garrafa de cerveja, é contato imediato de cerveja zero grau .
- Um ser desses um e.t sei lá,  me disse que veio do planeta cerveja, conhece, já ouviu falar?
- Eu só fico puto com eles, quando eles passam da conta, chegam lá em casa e vomitam no chão.

E eu ainda perco meu tempo ligando prá ele !

Antes de ir quero deixar esta prá você pensar :

Resultado de imagem para frases de Carls sagan

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Coisas da Vida - A saúde vai bem, obrigado !

Eu estava com uma puta dor de cabeça, era enxaqueca mesmo, o pior que eu não tinha bebido, não havia festejado nada, era só preocupação com as dividas, é, para quem não tem esse problema e não sabe, isso causa dor de cabeça, a coisa é terrível, dói tanto que dá enjoo,você vomita sem parar, qualquer cheiro "embrulha" o estomago, não consegue comer, a luminosidade "embrulha" o estomago e parece que a cabeça dói mais, você não  consegue pensar, não consegue falar e nem raciocinar, só quer dormir prá ver se a dor vai prá puta que pariu, entende como é? Quem tem enxaqueca sabe como é.  
Fui lá naquela caixinha que fica em um canto, em um armário e fui pegar um comprimido, quando pequei o comprimido da cartela ele olhou prá mim e disse:

- Cacete, você de novo aqui? A cartela já esta no fim, nunca vi alguém tomar tantos comprimidos como você toma!

E nem vai ver! Vai te catar e cuida da sua vida!

Peguei o comprimido e mandei prá dentro.
Você já percebeu que quando as coisas não estão andando do jeito que você planejou, tudo parece conspirar contra?

Fiquei doente e eu não tinha mais convênio médico, havia perdido emprego, ai quando você vê que a coisa não tem mais jeito e não dá para aguentar, nesse momento você reúne todas as forças, toma coragem e vai até um posto de atendimento publico ou hospital publico.
Houve um período em que eu tinha convenio médico, não era aquele convênio, mas qualquer coisa é melhor que esse atendimento publico, que trata o paciente como uma coisa, lá no convênio eu sabia que seria atendido e que iria sair vivo .

A algum tempo atrás eu fiquei mal, você sabe como é né, estava sem emprego, quando você fica a caça de oportunidades, corre prá lá e prá cá, vê que os “amigos” sumiram, você esta sem grana, vem às preocupações, você vai ficando deprimido, ai, se você espeta um espinho na mão, o efeito, os sintomas é de um acidente grave.
É como se tivesse correndo o risco de amputar o braço, tudo fica maior, você fica mais sensível e chega até a ponto de chorar ao ouvir uma musica do calcinha preta.
Pois bem, eu não cheguei assim ao fundo do poço, mas estava mal, peguei uma coisa que não era gripe comum nem era a tal dengue, sei lá que merda que era, eu acho que o vírus da gripe pouca grana, sem amigos, sem trabalho e que Deus nos ajude, 
No começo para não ir para o matadouro tomei todo tipo de comprimido que achei naquelas caixinhas que a gente costuma ter em casa e coitada dela, ultimamente andava vazia.
Eu estava com uma febre que era maior à noite, e eu vou e tomo um relaxante muscular, ia dormir e acordava todo suado, suava até no saco, melhorava um pouco, vinha um pouco de febre e vem um comprimido de depirona, e a coisa não passava, como vê decorei até o nome dos comprimidos.
É eu estava mal, comia pouco, eu evitava ir ao medico no atendimento publico, mas, depois de dias assim não pude mais adiar, tinha que ir ao um atendimento publico, fazer o que, se Deus é por nós quem será contra nós, que ele me ajude.
Lá fui eu, e ainda de ônibus, fui com sacrifício, tenso, preocupado, mas não tinha como adiar mais , eu já estava no “bico do corvo” como dizem, o pior que a febre e o mal estar que eu sentia aconteceu bem no período do auge da da dengue.


Cheguei no posto de atendimento, paro na porta e olho para dentro, lotado como sempre, peguei uma senha e me sentei, nessas situações você começa a observar os outros pacientes que estão na espera de atendimento, isso é normal, não era muito não, ali havia muitas crianças encostadas nos ombros da mãe reclamando de mal estar e com sintomas de febre, o que é bom é que essas pessoas com febres são atendidas mais rápido, tipo, duas a três horas depois.
O pavor de estar naquele meio eram das tossidas, tosse um daqui e outro mais dali e outro acolá e o desespero da turma, uns já com máscara, outros enfiando a cabeça por dentro da camisa tentando evitar respirar o ar que esta circulando, é aquela coisa, você chega lá com um treco qualquer e ganhar de brinde uma tossida na nuca e milhares de vírus para você levar para casa distribuir para a família e os amigos.

Tinha uma senhora coitadinha, estava com uma tosse desgraçada, eu ali do lado apavorado e a velhinha tossindo, ofereci uma bala, mas, não adiantou nada ela na primeira tossida arremessou a bala a uns cinco metros de distancia, o pior é que ela tossia e peidava junto, coitadinha é que com a idade avançada e a falta de dente a gengiva dela funcionou como uma rampa de esqui e lá se foi a bala, em relação ao peido que ela dava junto com a tosse, prefiro não fazer comentários a respeito, mas acredito que as pregas frouxas foram as responsáveis.
Depois de mais de duas horas esperando, vendo desfile de vírus, bactérias, chegou a minha vez, a atendente me encaminhou ao corredor e pediu para eu esperar em frente a uma sala, provavelmente a sala do médico que iria me atender, na cadeira ao meu lado uma mãe com os três filhinhos e todos com febre, formando uma escadinha, tentando ser gentil fiz agrado ao menor, deveria ter uns três anos, eu não aguentava mais ouvir ele chorar e berrar, quando fui brincar com ele, recebi uma tossida na cara, daquelas parecida com uma fina garoa,veio algo junto no espirro,algo pegajoso,digamos catarro... disfarcei levantei fui até o banheiro e apavorado lavei o rosto com sabão liquido, e se o garoto tivesse com algum tipo de vírus que pudesse ser transmitido pelo ar? O que seria de mim?Sem emprego e doente, isso não poderia acontecer.



Voltei como se nada tivesse acontecido e ali não estava mais aquela “linda” família, esperei mais um pouco o medico me chamou.
Entrei na sala, sentei em uma cadeira em frente a mesa aonde estava o médico, ele começou as perguntas e foi mais ou menos assim:

Doutor – O que você tem?

Eu – Um pouco de febre, estou suando muito a noite.

Doutor –Abre a boca!

Eu –Hááááááá´... (ele olhou)

Doutor - Já tomou benzetasil ?

Eu –Quando eu era criança!

Doutor –Aqui esta a receita, tome este comprimido de oito em oito horas e vai à sala ao lado e tome esta injeção.
Bem, isso durou exatamente três min. e 25 seg, entrei para o guiness o livro dos recordes, como um dos atendimentos mais rápidos do mundo, e lá fui eu, estava tão mal que qualquer coisa era bem vida, fui para a sala do lado para tomar a tal de bezetasil.
Resultado de imagem para injeção engraçado
Na sala uma senhora gorda, imensa pegou meu papel e disse vai ali atrás do biombo e aguarde, e lá fui eu, não tenho medo de injeção, mas o berreiro de crianças, aquele cheiro de álcool no ar
estava me deixando apreensivo.
Ela entra com um vidrinho e uma agulha que mais parecia aquele saco de confeiteiro, conhece, aquele saco comprido com um treco na ponta para fazer desenho em bolos, gelei, ela pega a agulha com um liquido, espeta num vidro pequeno que parecia estar cheio de areia, essa era assustadora bezetasil, era um pó dissolvido em um liquido que era para ser injetado na sua bunda.
Discretamente abaixei uma parte da calça, orei para Deus, senti aquele algodão molhado
no álcool para esterilização e sabia que o momento era chegado, ela disse:
Relaxa as nádegas que não vai doer!
Relaxei, e puta que pariu, aquilo queimava, parecia que ela estava injetando enxofre incandescente na minha bunda, como ardia, era o beijo do capeta nas nádegas.
Aquelas pedras do bezetasil não estavam totalmente dissolvidas e eu sentia aquilo entrando na pele, porra como dói isso, levou algum segundo que parecia uma eternidade, mas até que enfim acabou a tortura, levantei a calça agradeci, coisa que nem deveria fazer, o que ela merecia era uma porrada, sorrindo ela ainda perguntou se doeu.

Sai da sala mancando e na saída havia uma outra criança chorando e aguardando para ser atendida pela enfermeira, a mãe me informou que a infeliz iria também tomar a tal de injeção de bezetasil, aquela que serve prá tudo. Funciona assim, você tem dúvidas, bezetasil nele, e eu para acalmar a pobre criatura em prantos disse:

-É igual a do “Zé gotinha!”!

Dali sai rapidinho, a coitadinha vai me odiar pelo resto da sua existência!!!