Início

Sobre

Áudios

Vídeos

Contato

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Coisas da vida - Concurso de miss infantil !

Estava eu aqui a manter um monólogo com um pentelho que encontrei perdido em cima do meu teclado, eu dizia a ele a minha opinião a respeito de concurso de miss, você sabia que criaram o concurso de miss Brasil infantil, haja!
Se miss adulta é um pé no saco, miss  infantil é prensar o saco em uma morsa, qualquer concurso de miss é um terror, negócio chato e sem graça, agora miss infantil é o fim do mundo, as únicas pessoas que gostam desse tipo de concurso, são as mães das misses.

 
Essas crianças são as "fofurinhas" angelicais das mamães, geralmente ela não gosta que ninguém chegue perto, ninguém pegue seus brinquedinhos, nem toque em seus cabelos, nem mexa em suas roupinhas, a coisa tem que ser na hora que ela quer senão ela faz biquinho, se ela ouvir não, ai a coisa pega.

Falando em miss, o que dizer então daquelas perguntas chaves que fazem as misses adultas :

- O que você faria para mudar o mundo? (são sempre as mesmas)

Resposta criativa de miss :

- Salvaria as criancinhas, acabaria com a fome no planeta, criaria um mundo de amor e paz aonde todos de mãos dadas cantaríamos WHAT A WONDERFUL WORLD!
 

Como serie esse tipo de pergunta para miss infantil? Talvez, pergunta :

Gracinha do tio, o que você faria para que o mundo fosse um lugar melhor ? 
Resposta :
Tio, eu compraria todos os cds e dvds da Xuxa e daria pra todas as crianças do mundo, levaria também todas as crianças pra um passeio prá Disney, levaria todas pra comer no Mc Donald`s e todas nós iriamos fazer compra de roupas e brinquedos 2 vezes por semana no Shopping, "quinem que eu!"

E mãe de miss sempre acha que a filha é a coisa mais linda do mundo, a mãe geralmente é frustrada e coloca todo seu desejo reprimido em cima da coitada da filha, ela queria ser miss mas não deu e ai
todo mundo já sabe o que acontece, a filha paga o pato.
O pior que a filha não tem o mínimo talento pra coisa, mas vai dizer isso prá véia! Já viu mãe achar um filha (o) feio ou que não tem talento? Minha filhinha é a coisinha mais linda do mundo! Já ouviu isso em algum lugar?
 
Voltando ao assunto da miss, preocupado em ter um segunda opinião já que o pentelho não me deu a mínima atenção, liguei para o celular do João, depois de muito tocar ele atende, pelo alô logo senti o cheiro de cachaça, ele estava no bar como sempre, praticamente ele mora no bar.

Antes de eu me manifestar e fazer a pergunta a ela a respeito do que ele achava de miss infantil, ele começou a chorar e pela décima quinta vez me contou a mesma história, a da avó dele que tem 87 anos e ainda é virgem, se sentia solitária, que precisava casar, etc.
 
Depois de ouvir atentamente aquela mesma história e ver ele chorando, de repente ele cortou o assunto da avó, parou e perguntou o que eu queria!

Eu disse :
- João liguei para saber a sua opinião a respeito de concurso de miss Brasil infantil, miss infantil, essas coisas, o que você acha disso?


O João já tomou todas e mais um pouco, ele respondeu :
- Cara, segura "a bronca ai", que vou tomar mais uma, depois a gente se fala, não estou conseguindo raciocinar direito.
Tá...valeu João, e eu ainda perco tempo ligando prá ele !


Vou deixar essa prá você pensar :
 

 

domingo, 18 de maio de 2014

Coisas da vida - Sai mais um carro prá viagem !


Eu estava voltando de uma visita que tinha feito a um amigo, ele mora a algumas quadras de casa, ao "dobrar" uma esquina ouvi :

 

- Ei psiuuu, psiuuu, aqui embaixo, aqui !

Olhei para o chão, era um carrinho, desses de brinquedo, ele olhou prá mim e disse :

- Ei, será que você pode me ajudar a encontrar meu dono, ele me deixou aqui e foi embora.

Tá, vou tentar, isso vai ser difícil, por aqui passa muita gente!

- Falando em gente, você já percebeu a quantidade de carros que circulam pela cidade ? Nos últimos anos aumentou muito o numero de veiculos nas ruas, também pudera, só aqui em São Paulo, capital, por dia, são liberados aproximadamente 800 novos carros, se as ruas são as mesmas a anos, me diz, aonde vai caber tantos carros novos?
- Olha ali, me disse ele, tá vendo aquele menino chorando, ele é meu dono, me devolve prá ele, ele esta chorando porque me perdeu! Me devolve vai!
Fui até o garoto e devolvi o carrinho prá ele, mas, o que o carrinho havia dito não me saiu da cabeça, assim que cheguei em casa, resolvi escrever sobre o assunto, veiculos.
Quando você anda de carro pelas ruas das grandes cidades e o trânsito fica parado, você faz o que? Fica observando, não resta muito mais o que fazer, e a gente vê cada coisa!

Falando em ver cada coisa, hoje em dia todo mundo pode comprar carro, o que me corta o coração é a turma que compra carro por empolgação, os caras vão na onda do desconto, do barato, da promoção e compra um carro e paga em suaves "48" prestações, tudo no limite do salário, o pior é que nem dinheiro prá seguro, manutenção tem, mais vai e compra a porra do carro, mas e se roubarem, fodeu.
 
E os pilotos então? Você já percebeu que tem uns motoristas que gostam de se isolar, eles colocam insufilm nos carros, fecham todos os vidros e se “isolam” do mundo, com certeza, a primeira preocupação é a segurança, medo de assaltos, mas também existem aqueles que se isolam e acham que o mundo é deles, a rua é deles, tudo foi criado para eles e em função deles, estacionam aonde querem, não respeitam as placas de sinalização, afinal o mundo é dele e do carro dele.
E o motorista porcão , você já se deparou com um desses? Para não se expor, ele não abre o vidro nem para cuspir, cospe com o vidro fechado, o pior é quando o cara acha que nínguem esta vendo vai e cavoca o nariz e fica fazendo bolinhas e pensando na vida.

Tem o rei da rua, conhece? O pedestre para esse tipo de motorista, não passa de um mero detalhe, eles são daqueles que ao sair do estacionamento nem olham para os lados para ver se vem alguém, eles saem com tudo, e aí do pedestre que ouse a atropelar o seu carro.
Tem também os “boys”, geralmente com um carro velho surrado, ou então o carro é zero km, estão sempre em um extremo ou em outro, o cara usa camiseta regata, braço apoiado fora do carro, óculos escuro, de preferência espelhado, boné de grife, passam com janelas do carro abertas ouvindo a porra do "funk".
Para quem não conhece ainda, o verdadeiro funk é o americano, procure conhecer se não conhece ainda, e nada tem haver com essa porra criada por aqui, dentro do carro do boy só entra homem, e o que dizer das letras "das musicas"?.
 

Me explica como um cara consegue conquistar uma mulher ouvindo :

- Vai cachorra, popuzuda, "GRAMUROZA", abaixa, abaixa, e roda, senta até sumir... ou

- Beijim no ombro...
 
Um outro detalhes são os motoristas dos grandes carros que circulam pela cidade, as grandes e imensas pick-up, 90% dos caras que dirigem essas grandes veículos não tem mais de 1:60 de altura, lá dentro, dirigindo, o cara sem sente o macho, fodão, cara de mau, "marrentão", mas quando ele para e desce do carro, dá vontade de dar risada, você vê que quem estava dirigindo é um bostinha de 1:60 de altura, parece criança descendo do carro do pai, o carro ofusca, engole aquele pequeno ser.
 Será que esse gosto foi causado por algum trauma de infância, talvez tenha sido vitima de bollyng quando criança e agora quer se vingar?
Esse negócio deles gostarem de coisas grandes talvez seja uma forma de “substituição”, eu sou pequeno, mas meu carro é grande e dentro dele eu sou foda.
Um outro tipo, é o gordo em carro pequeno, o coitado só movimenta os braços e os pés, as coxas ficam prensadas no volante, que por sua vez serve de apoio para sua imensa barriga.
No painel você encontra copos de plástico rolando de um lado pro outro, rolos de papel higiênico, garrafas pet vazia, toalhas de rosto cheias de pó.

No banco ao lado do motorista tem um monte de folhas espalhadas, aquelas de anuncio de vendas de imóveis, de mercado, como ele só consegue mexer os braços, a unica coisa que pode fazer com essas folhas de anuncio que recebe é jogar no banco do lado, isso sem contar com ciscos de pão, pipocas, restos de comidas, doces que ficam espalhados por todo o carro, ele não consegue se abaixar entre os bancos para limpar e deixa tudo por ali mesmo.

 
E pobre em carro zero então, você conhece pobre que compra carro zero de longe, do lado de fora esta um calor dos infernos, uns 40 graus na sombra, e o cara deixa o plástico protegendo os bancos para ninguem “sujar” seu veiculo novo, você imagina a tortura que é isso no calor?
Quem senta, fica com a bunda e as costas suada, é desesperador, o corpo “não respira”, quem sofre mais são as crianças, chegam a ter assaduras, queimaduras de segundo grau, o pior que o cara acha que aquele plástico ali é bonito, assim ele pode mostrar prá turma da vila aonde mora, que o carro dele é novo.
Você também encontra por ai os “lambe para-brisa”, para eles se sentirem "mais a vontade" ao dirigir, coloca o banco colado no volante, assim o motorista fica com a “cara” colada no vidro dianteiro, na primeira freada brusca o cara deixa o nariz e mais um monte de dentes encravados no painel.
E aqueles que ficam buzinando e xingando, xingam todos o tempo todo, parece um vicio, você conhece alguém assim?
Se ele leva uma fechada, ele xinga, se chove ele xinga, se faz sol xinga, se tem trânsito ele xinga, reclama do trabalho, reclama se as crianças brincam dentro do carro, se sai com a sogra xinga, tudo esta errado, menos o comportamento dele.
Mas, se ele xinga e a coisa “pega” pro lado dele, ele é o primeiro a enfiar o rabo nos meios das pernas, é o primeiro a cair fora, conhece esse tipo?
Tem também os que se acham os reis das pistas, modificam seus carros, e saem pelas madrugadas tirando “rachas” pelas ruas da cidade, esses idiotas colocam em risco a vida de quem não tem nada a haver com isso, até o dia que encontram uma parede ou um poste na frente, ai eles vão parar em algum hospital, ou necrotério.
Se ele se arrebentar que se foda, um idiota a menos nas ruas, mas se ficar vegetando em um hospital ou dando trabalho em casa, quem vai sofrer vai ser a família.
Não posso deixar de citar o “DEUS” das ruas, aquele cara com seu carro importado que custa mais de r$ 250.000,00 reais, com nariz arrebitado, acha que a rua é dele, a cidade foi feita pra ele, senta no carro como se estivesse em um trono dourado e acha que seus companheiros de volante são seus servos.
 

Andam na contra-mão e em alta velocidade, podem dirigir bêbados, ainda acham ruim quando alguém reclama ou o guarda de transito vem para multa-lo.

 
Em caso de acidente ele diz :

- Fale com meus advogados ! Ou corre pra pedir socorro pro "papai"!

O perigo mesmo é a bebida e o volante, isso não combina, a maioria dos acidentes envolvendo mortes, são causados por motoristas irresponsáveis e bêbados.


O meu amigo João tomas umas e mais um pouco e não dirige, na realidade ele não dirige a anos, como ele prefere beber em vez de dirigir, foi deixando o carro de lado, foi deixando o carro de lado e...



Essa vou deixar prá você pensar :