Início

Sobre

Áudios

Vídeos

Contato

domingo, 25 de novembro de 2012

Coisas da vida - Vai um piratinha ai?


Estava caminhando pela rua quando se aproximou de mim uma pomba, ela estava com um "pézinho" enfaixado, no outro ela usava um chinelinho de dedo, curioso perguntei prá ela o que havia acontecido, ela um tanto constrangida me disse que andou comprando um tênis desses importados do paraguai, esses tênis baratos e vagabundos e por causa da má qualidade do material teve problemas no pé.
Papo vem, papo vai, ela se despediu, disse que iria voar um pouco para aliviar as dores no pé, levantou vôo e desaparecendo entre os telhados das casas.
Como a pomba havia tocado no assunto de compras, me lembrei que precisa comprar alguns presentinhos, afinal o natal esta chegando, decidi chamar o João para ir comigo, inclusive porque ele faz aniversário e eu queria fazer uma surpresa prá ele, dar-lhe um presente, e como uma vez ele disse conhecer umas "bocadas" que vendem produtos de qualidade, com bom preço, chamei ele para ir comigo.
Fui até a casa dele, e esperei como sempre, ele acordar, comer, se trocar, depois, bem depois fomos nós em direção ao centro da cidade.
Chegando lá, fomos para a rua 25 de março, ele disse ser por ali "o caminho das pedras", até chegar lá ele parou em uns três botecos, só para molhar a "guéla", sem contar com os inúmeros ovos cozidos coloridos que ele comeu, aqueles que ficam semanas naqueles "aquários" de boteco.
Chegando na rua 25 de março, entramos em um prédio, me senti como se estivesse na China,
só faltou grilos fritos, insetos assados, carne de cachorro, etc, ali os únicos que falavam português, era eu e o João.
Entramos em uma loja de sapatos e o João logo foi prá cima de um par de tênis "dalads", não era o tradicional adidas, naquele momento comecei a sentir que algo errado acontecia por ali.
Entramos em uma outra loja de calças jeans e o João foi logo comprando a "LGG", mas que porra de marca de calça é essa? Eu conhecia a LEE, mas LGG, só se for LEE tamanho GG.
Como o João sabe que gosto de jogar video games e meu controle estava quebrado, comprou um controle da marca "SQMY", eu conhecia o SONY, será que esse era de uma nova marca?
Cheguei até a reclamar com o João, mas ele disse saber o que estava fazendo, e com aquele bafo que ele exalava de ovo cozido com pinga, evitei de contraria-lo para que ele falasse  menos possível.
Ai ele decidiu comprar um par de tênis pra dar de presente pra namorada dele, ele me aparece com um tênis rosa da marca "PAMU", conhecia o PUMA, mas "PAMU"? João, esse tênis vai selar o fim desse seu romance!
Depois ele e me vem com um desodorante "ROXANA" para homens, que porra era aquela, eu conhecia REXONA, "ROXANA" não passo nem na "XOXOTA" da minha cachorrinha.
Ele sabia que eu estava realmente precisando de um fone de ouvido, ele vai e me trás um fone de ouvido da marca "SONIA", alguém tem um desses por ai? O pior aqueles "cerinha".
Em cada saída de loja, o João entrava em um bar e "mandava ver" uma prá dentro, ele já estava até pendendo com o peso das sacolas.
Como ele gosta muito de celular, decidiu compra um, disse que era de ótima qualidade, mas a marca do celular era "NOKLA"? Será que não deveria ser NOKIA?
Por fim ele entra em uma loja de brinquedos, ele decidiu comprar um bonequinho pro meu sobrinho, um boneco do "ROBERT COP", já ouviu falar? Esse nem eu, achei que estava enxergando mal, mas era o tal do "ROBERT COP" mesmo, e não ROBOCOP.
As compras chegaram ao fim e João também, mal conseguia andar de tanto que bebeu, o problema de sair com o João é esse, ele bebe muito, o fundo das sacolas estavam ralados de tanto que ele arrastou elas pelo chão.
No caminho de volta, eu acabei levando as sacolas, o João entrou no ônibus e dormiu, babando no banco do ônibus, eu com tudo aquilo nas mãos, estava me sentindo o pirata da perna de pau.
Eu conhecia radios pirata, já trabalhei em radio, conhecia aqueles piratas que saqueavam navios, mas aquele monte de "tranqueiras" me deixava assustado, eu me sentia o próprio barba negra.
Chegamos na casa do João, mal nos falamos, ele não tinha condições nem de pensar, ainda mais falar, a coitada da avó do João veio até a porta, ela já estava acostumada, era só o João sair e ela já sabia como ele ia voltar, ela "arrastou" o João prá cama, ele estava bem mal.
Por um tempo fiquei ali pensando, refletindo, meditando sobre aquele "magnífico" passeio e decidi deixar um bilhete e todos aqueles presentes no quarto dele, e no bilhete constava os seguintes dizeres :

João, como você chegou mal, decidi não incomodar, hoje é dia do seu aniversário, o natal esta próximo, você é um amigão, juntando a tudo isso, você me fez gastar uma puta grana nesse monte de tralhas que não servem para porra nenhuma, pensando profundamente, faz o seguinte :

Enfia tudo no rabo e roda!!! Feliz Aniversário, Feliz Natal e Feliz Ano Novo !!!
Ass. Seu amigão de sempre, Dió!!!

Antes de ir quero deixar esta para você pensar :